Sodexo On-site

Diante de um mercado em crescimento e alinhada às necessidades de seus clientes, a Sodexo On-site ampliou e desenvolveu novos serviços para atender os consumidores em tempos de pandemia 

 

São Paulo, julho de 2021 – Assim como em outros setores da economia, a área de facilities – serviços de infraestrutura como limpeza, desinfecção, portaria, gestão de áreas verdes e manutenção dentro de empresas e instituições – sofreu mudanças com a chegada da pandemia causada pela Covid-19, na qual companhias e especialistas precisaram se adaptar de forma muito rápida para oferecer soluções que atendessem às demandas do mercado e da sociedade. Mas também se tornou setor de extrema importância para a sociedade e empresas. Não é por acaso que este mercado está estimado em US$ 1,15 trilhão, sendo que desses US$ 16,4 bilhões -cerca de R$ 60 bilhões – seria correspondente aos negócios no Brasil, segundo pesquisa realizada pela ABRAFAC, em parceria com a GlobalFM e conduzida pela Frost & Sullivan em mais de 40 países de todos os continentes*.

A Sodexo On-site, líder em serviços de alimentação e facilities, já tinha diagnosticado a necessidade de ampliar sua oferta de soluções para atender às necessidades de seus clientes, principalmente aqueles que oferecem atividades essenciais à população como hospitais, mineradoras, petroleiras, plataformas de petróleo (offshore), postos de gasolina, hidroelétricas, entre outros. A companhia desenvolveu e acelerou dezenas de novos projetos e programas no último ano. “Temos uma escuta ativa muito forte com nossos clientes, conforme eles trouxeram os problemas, nós fomos em busca de soluções”, diz Luciana Moura, Gerente de Plataforma Técnica da Sodexo On-site.

Entre as novas ofertas, vieram serviços completos desde desinfecção de ambientes e elaboração de guias para a continuidade das atividades presenciais até soluções como totens de álcool em gel, termômetros, dispensers eletrônicos, dispositivos para abertura automática de portas, pias portáteis, entre outros. Além disso, foram desenvolvidos manuais que traçam o caminho do consumidor desde o momento que ele sai de casa, até o seu retorno. O material passa por diversos cenários e ajuda a evitar a contaminação em ônibus e vans, vestiários, estação de trabalho, salas de reunião, restaurantes, transporte escolar, entrega de encomendas, entre muitos outros.

Para desinfecção de ambientes com alta performance, uma área que exige atenção e levanta muita preocupação, o grande destaque fica por conta da solução de desinfeção de ambientes por meio da luz ultravioleta que apresenta alta eficácia para desinfectar superfícies que possam estar contaminadas pelo coronavírus e não libera carbono para o ambiente. “Sabemos que essa demanda por limpeza aumenta a contaminação de uma grande quantidade de água, por utilizar muitos produtos químicos, e isso vai para o ambiente. Para amenizar esse efeito, pensamos em uma forma de desinfecção que não precisasse usar químicos, como a luz ultravioleta”, explica Luciana. 

O mesmo estudo feito pela ABRAFAC, em parceria com a GlobalFM e conduzida pela Frost & Sullivan, mostra que o segmento de facilities está em crescimento. Segundo relatório de 2018/2019, houve um aumento de 7,4%, sendo que 50% desse montante correspondia a serviços de terceirizados (outsourced), ou seja, as organizações buscam empresas de fora, especializadas em prestar serviços que não são o negócio principal do contratante.

“Hoje o cliente precisa de resposta rápida e eficiente com baixo custo para seu negócio e a Sodexo On-site está atenta a isso. Estamos preparados para capitalizar as novas oportunidades geradas pela crise e a crescente demanda de serviços integrados. Hoje, temos todos os recursos necessários para responder a essas demandas”, conclui a executiva.

*Fonte dos dados: https://www.abrafac.org.br/blog/abrafac-apresenta-os-numeros-mundiais-do-setor-de-facilities-no-fm-debate/

 

Voltar à lista
Benefícios e Incentivos Compartilhamento aberto e outras ações